Geave Peace a chance

Paz? Quem não quer a Paz? Como dar uma chance para a Paz? Onde encontrar a Paz? Paz é um estado interior que se pode alcançar e contagiar ou simplesmente precisamos aguardar que alguns dirigentes mundiais ou poderosos comandantes invisíveis sentem numa mesa e decidam a Paz, que Paz seria essa?

Vamos ver o que algumas pessoas especiais falaram sobre a Paz, o caminho para a Paz. A Paz é um caminho com um final feliz ou um caminho em que nunca a encontraremos.

John Lennon cantou:

Imagine que não exista o paraíso. É fácil, tente. Nenhum Inferno abaixo ou acima de nós, só o céu. Imagine todas as pessoas vivendo o presente.
Imagine que não houvesse nenhum país. Não é difícil imaginar
Nenhum motivo para matar ou morrer, e nem religião para seguir.
Imagine! Todas as pessoas vivendo a vida em paz.
Você pode dizer que eu sou um sonhador, mas não sou o único. Espero que um dia você se junte a nós e todo o mundo será de Paz. Imagine que não exista posse de nada. Eu me pergunto, se você pode? Não existisse a ganância ou a fome.
Uma irmandade dos homens, imagine! Todas as pessoas partilhando todo o mundo. Você pode dizer que eu sou um sonhador, mas não sou o único. Espero que um dia você se junte a nós e todo o mundo será de Paz.

E na sua música Geave Peace a chance, John Lennon dizia:

Let me tell you now. Everybody’s talking about revolution, evolution, masturbation, flagellation, regulation, integrations, meditations. United Nations! Congratulations! All we are saying is give peace a chance, all we are saying is give peace a chance.

Dag Hammarskjöld

Foi um sueco considerado o melhor secretario geral da ONU e até ganhou o Nobel da Paz. E ele dizia:

O trabalho para a paz deve começar dentro do mundo particular de cada um de nós. Para construir um mundo sem medo, temos de estar sem medo. Para construir um mundo de justiça, temos de ser justos. E como podemos lutar por liberdade se não somos livres em nossas próprias mentes? Como podemos pedir a outros para sacrificar se não estamos prontos para fazê-lo? …
Apenas em verdadeira entrega ao interesse de todos poderemos chegar a essa força e independência, a unidade de propósito, a equidade de julgamento tão necessários – e como chegar a isso? Nós temos que tocar em frente nosso compromisso para com o futuro, como homens de uma geração a quem foi dada a oportunidade de construir no tempo um mundo de paz.
A busca da paz e do progresso não pode terminar em poucos anos, seja em vitória ou derrota. A busca da paz e do progresso, com as suas provações e seus erros, seus sucessos e seus fracassos, nunca pode ser relaxado e nunca abandonado.
Um homem de convicções fortes e firmes não pede, e não recebe, a compreensão daqueles com quem ele entra em conflito. … Um homem maduro é o seu próprio juiz. No final, o seu único apoio firme é ser fiel às suas próprias convicções. O conselho dos outros pode ser bem-vindo e valioso, mas não nos isenta de responsabilidade. 

Em seu diário Hammarskjöld escreveu:
Dá-me um coração puro para que eu possa ver-te.
Um coração humilde para que eu possa te ouvir,
Um coração cheio de amor para que eu possa servir-Te,
Um coração de fé para que eu possa habitar em Ti.

Você não é o combustível, você não é o ar – apenas o ponto de combustão, o ponto de inflamação, onde a luz nasce.

Gurdjieff

Influenciou muitas pessoas no mundo todo com seu ensinamento que ainda é vivo como fogo. E perguntaram para ele sobre a guerra, como parar as guerra?
A guerra não pode ser interrompida, pois é o resultado da escravidão em que os homens vivem, e os homens não são os culpados pela guerra. A guerra é devido a forças cósmicas, influências planetárias. Mas nos homens não há qualquer resistência que seja contra essas influências, e não pode haver, porque os homens são escravos. Se fossem homens livres seriam capazes de “fazer” (teriam vontade), resistiriam a essas influências e absteriam de matar uns aos outros.
E continuaram as perguntas: Mas, certamente, aqueles que percebem isso podem fazer alguma coisa? Se um número suficiente de homens chegar a uma conclusão definitiva de que não deve haver nenhuma guerra, não poderiam influenciar os outros?
Aqueles que não gostam de guerra tentam fazê-lo quase desde a criação do mundo e, no entanto, nunca houve essa guerra como a presente (a Primeira Guerra Mundial). As guerras não estão diminuindo, estão aumentando e a guerra não pode ser interrompida por meios comuns. Todas essas teorias sobre a paz universal, conferências de paz, e assim por diante, são novamente simplesmente preguiça e hipocrisia. Os homens não querem pensar sobre si mesmos, não querem trabalhar em si mesmos, mas pensar em como fazer com que as outras pessoas façam o que querem… Os homens são o que são e não podem ser diferentes. Guerra tem muitas causas que são desconhecidas para nós… Deve-se começar com as causas que estão na próprio homem. Como ele pode ser independente das influências externas de grandes forças cósmicas quando é um escravo de tudo que o rodeia? Ele é controlado por tudo em torno dele. Se ele se torna livre de coisas, ele pode, então, tornar-se livre de influências planetárias.
Há uma guerra acontecendo no momento presente. O que isso significa? Isso significa que vários milhões de pessoas que estão dormindo tentam destruir vários milhões de outras pessoas dormindo. Eles não fariam isso, claro, se eles estivessem acordados.

Krishnamurti
Uma mente que compreendeu a natureza do prazer e do medo não é mais violenta e pode, portanto, viver em paz dentro de si mesmo e com o mundo ….
Será que podemos parar a guerra orando por paz?
Eu não acredito que a guerra pode ser encerrada pela oração. Não se estará rezando pela paz meramente numa forma particular de liberação emocional? Pensamos que somos incapazes de evitar a guerra e assim encontramos na oração uma libertação a partir deste horror.
Algo a ser decidido nas Nações Unidas?
A guerra é meramente o efeito catastrófico da nossa vida diária, e enquanto não mudarmos a nossa vida diária, nenhuma quantidade de legislação, controles e sanções vão impedir a guerra. É a paz na mente e no coração, no caminho de nossa vida, ou é apenas uma regulamentação governamental, algo a ser decidido em… Ponha um fim para a guerra em si mesmo. Para jogar a guerra para fora, você deve começar a pôr um fim à guerra em si mesmo. Alguns de vocês vão acenar com a cabeça e dizer, ‘Eu concordo’, e ir lá fora e fazer exatamente o mesmo que você tem feito nos últimos dez ou vinte anos. Seu contrato é meramente verbal e não tem nenhum significado para o mundo.
Nenhum líder vai nos dar a paz. Para trazer a paz no mundo, para parar todas as guerras, deve haver uma revolução no indivíduo, em você e em mim. Revolução econômica sem essa revolução interior é sem sentido, pois a fome é o resultado do desajustamento das condições econômicas produzidas pelos nossos estados psicológicos: a ganância, a inveja, etc.

Eckhart Tolle

Sempre que você aceitar profundamente o momento, como ele é, não importa a forma que leva, ou rótulo, você ainda é vivo (livre), você está em Paz.
Eckhart chama isso de poder da presença.
Quando perdemos contato com a quietude, perdemos o contato com a nossa paz interior. No entanto, quando nós criamos uma lacuna no nosso fluxo usual de pensar, o espaço surge. Isso nos permite conectar-se a uma dimensão mais profunda dentro de nós mesmos, onde nós experimentamos uma paz interior que é vibrante e viva.
A maioria das pessoas passam a vida inteira aprisionadas dentro dos limites dos próprios pensamentos. Elas estão condicionadas pelo passado. Estamos acostumados a nossos pensamentos e acreditamos que eles sejam verdadeiros, e ainda assim esses pensamentos são muitas vezes o que nos impede de experimentar a paz interior. Por trás dos pensamentos há uma quietude. Por exemplo, eu recomendo olhar para fora da janela várias vezes durante o dia. Por um momento, olhar para fora e apenas apreciar o que está lá. Talvez, haja uma vasta extensão do céu ou uma árvore. Dê-lhe atenção por um momento. Há uma mudança que ocorre dentro de você. Isso é silêncio. Olhe para o céu por um momento – dando-lhe toda a sua atenção. Ele leva você longe das coisas mundanas, todas as coisas com as quais você tem que lidar continuamente, e então você terá um momento de quietude, de presença, de consciência.
Preste atenção ao fosso – o fosso entre dois pensamentos, um breve espaço silencioso entre as palavras em uma conversa, as notas de um piano ou flauta, ou a inspiração e expiração. Quando você presta atenção a essas lacunas, a consciência se amplia, surge pura de dentro de você e substitui as identificações com a forma. 
Quando você reconhece a inconsciência em você, faz com que o reconhecimento seja possível, e a consciência que surge é o despertar. Você não pode lutar contra o ego e ganhar, assim como você não pode lutar contra a escuridão. A luz da consciência é tudo o que é necessário. Você é a luz.

Muito interessante e que responsabilidade para nós. Continuarmos inconscientes e sem viver cada momento, esperarmos a Paz vinda dos outros, esperar que alguém diga Paz, que levante uma bandeira branca – e todos viverão em Paz para o sempre? Ou, ir para a luta, ir para a guerra – uma guerra dentro de nosso ser, nas profundezas de nosso ser. E Eckhart Tolle nos dá o caminho atual, o caminho verdadeiro dentro do ser. Imagine o poder da Paz a nível universal quando a temos dentro de nós? Como ele diz sabiamente para não lutarmos contra a escuridão, pois a luz está em nós. É perceptível.

PAZ sempre. A PAZ é possível e nós temos que começar. Mãos a obra, a verdadeira obra. Pegar a pá e começar a construção interior, um novo ser, a new world, o universo, a PAZ.

Imagine todas as pessoas vivendo o presente.
Imagine que não houvesse nenhum país. Não é difícil imaginar.

Imagine! Todas as pessoas vivendo a vida em paz.
Você pode dizer que eu sou um sonhador, mas não sou o único. Espero que um dia você se junte a nós e todo o mundo será de Paz.

Victoria, Austrália – William Ricketts

A cidade de Melbourne é a capital de Victoria, Austrália. O lema da cidade é “Vires acquirit eundo”, que poderíamos entender como “Força e sempre em frente (indo).”

 

v1

Destacamos duas áreas ainda em Victória. Uma delas Richmond que é um subúrbio de Melbourne, na Austrália – considerando que foram criados novos subdistritos, mas fica como Melbourne mesmo.

Em Richmond nasceu William Ricketts (1898-1993) que era um oleiro e escultor australiano, artista e artesão. Ele viveu em Mount Dandenong também em Victoria a partir de 1934. Ele é conhecido por sua visão de uma Austrália moderna  e incorporava em sua obra a espiritualidade indígena além de grande respeito pela natureza. Nesse ano de 1934 ele começou a sua grande obra artística, a criação de um parque com esculturas, chamado atualmente de Willian Ricketts Sanctuary, onde trabalhou até sua morte em 1993. Ele não era de sangue nativo, mas se considerava adotado pela nação Pitjantjatjara. Na década de 60, o governo de Victoria comprou o William Ricketts Santuário e fez dele um parque público, onde William Ricketts viveu até sua morte em 1993.

William Ricketts Sanctuary é considerado um lugar de renascimento espiritual para Povos Indígenas da Austrália. Situado em uma clareira nos Dandenongs, é um lugar de beleza e tranquilidade, devido tanto ao ambiente natural e as esculturas místicas ao longo das suas vias. É um lugar para reflexão e contemplação.

Seus trabalhos principais incluem o “Dromana” no Jardim Seawinds, Arthurs Seat, Victoria, e “Arma Brute” no William Ricketts Sanctuary. Obras menores estão na coleção do Museu Powerhouse, Sydney. De 1949 a 1960, ele fez viagens frequentes à Austrália Central para viver com os Pitjantjatjara e Arrernte aborígenes, cujas tradições e cultura inspiraram sua escultura.

v3 v2Veja um vídeo sobre este local feito por Marion Sloane:

Em 1970 William Ricketts foi para a Índia. Passou dois anos lá, principalmente no centro espiritual do Sri Aurobindo Ashram em Puducherry, desenvolvendo a empatia espiritual para com as pessoas indígenas e conhecimento da sua filosofia.

Outro local de Victoria é Brambuk.

Brambuk foi criada para trazer vida à história e à cultura do Jardwadjali e Djab Wurrung, comunidades indígenas do sul-ocidental de Victoria.
A propriedade de Brambuk é compartilhada entre cinco comunidades indígenas com ligações históricas com as planícies circundantes. Brambuk permanece como um símbolo de afirmação desse processo de renovação e relação com as comunidades indígenas.

Johannes Kepler: admirar ou aprofundar?

Um amigo me indicou o Livro A Bruxa de Kepler de James A. Connor. Muito interessante o livro e que nos leva a refletir profundamente. a um pensar renovado. Segundo o autor e pesquisador James, Kepler foi o primeiro cientista a comprovar a teoria heliocêntrica de Copérnico, estabeleceu as 3 leis do movimento dos planetas e é considerado o pai da óptica moderna, por ter sido o primeiro a explicar o processo de visão por refração do olho.

Entre os livros de Kepler temos:

  • A Terra vista da Lua
  • Mysterium Cosmographicum
  • Astronomiae Pars Optica
  • Astronomia nova
  • Nova stereometria doliorium Vinariorum
  • Epitome Astronomiae Copernicanae (3 volumes)
  • Harmonice Mundi
  • Astabela rudolfinas

Seu assistente Jakob Bartsch casou com sua filha Susanna e foi quem reuniu os trabalhos de Kepler após sua morte e publicou o Somnium – Astronomia Lunari (Sonho – Astronomia da lua), que é um exercício de ficção que Kepler terminou no final de sua vida – a aparência da Terra vista da Lua num universo copernicano.

James (leia o livro) lembra que Kepler era um homem de fé, que acreditava num Deus todo poderoso e buscava a Paz até mesmo a custa da própria vida. Excomungado pela sua igreja, manteve suas convicções cientificas e morais acima de tudo. Kepler era dono de uma coragem fora do comum apesar de sua saúde sempre precária. Analisando a vida de Kepler, pelo que lemos no livro, e seus pensamentos temos que nos interiorizar e analisar tudo dentro de uma ótica interna, dentro de nosso ser, na amplitude da alma.

Ainda, segundo James Connor, Kepler rejeitava a ideia de que a mente humana é uma lousa vazia, uma tabula rasa, e adota a noção de Platão de que as harmonias nascem conosco, junto com um repertório secreto de conhecimentos, que se expressa na sua melhor forma na matemática. Toda a nossa carne, nossos olhos, olhos e ouvidos são feitos para a descoberta desse conhecimento. Nossos sentidos não existem por si mesmos, mas para servir à mente. A mente é a alma humana escutando o universo e descobrindo ali uma ressonância com a mente de Deus, e mais: “Se a mente não tivesse tido o benefício dos olhos para compreender o mundo fora dela, então necessitaria de um olho e inventaria as suas próprias leis para sua criação”.

E Kepler continua: “A geometria, sendo parte da mente divina desde tempos imemoriais, desde a origem das coisas, forneceu a Deus os modelos para criar o mundo, modelos que foram implantados nos seres humanos, junto com a imagem de Deus. A geometria não chegou até a alma através dos olhos.”

“quem gosta de ser iludido de olhos abertos?.. A verdadeira astrologia são testemunhos das obras de Deus, e por conseguinte são sagradas…”

“Eu costumava medir os céus,
Mas agora meço as sombras da terra.
Embora minha alma fosse dos céus,
A sombra do meu corpo aqui jaz.”

Conclusão: devemos analisar com muita Paz as palavras de Kepler e também seus feitos científicos. Trazer para dentro de nosso ser, pois tudo é parte de nosso ser, todo o universo. Kepler diz que temos Deus dentro de nós. Temos que ter liberdade religiosa, o caminho que está dentro de nós como que adormecido e embassado pode ser iluminado e despertado em plena vivência interior.

Interessante o vídeo abaixo feito por Yoko Ono que mostra a luz da Paz de todos os habitantes deste planeta, iluminando o planeta. É interessante este trabalho feito por ela em homenagem ao John Lennon no seu incansável trabalho pela Paz. Kepler nos alerta que esse caminho da Paz está em nós, ele que viveu toda a experiência neste mundo de incertezas e dualidades, ele que perdeu vários filhos por doenças, enfrentou tantas guerras e ameaças, problemas financeiros – mas nunca deixou de ter a Paz em seu interior, a luz de Deus falando mais alto dentro dele.

Mbira ou Thumb piano ou Kalimba

mbira ou thumb piano (piano de polegar) é um instrumento musical Africano que consiste em uma placa de madeira (muitas vezes equipados com um ressonador) com dentes de metal escalonados. Para utilizá-lo segura-se o instrumento nas mãos e toca nos dentes com os polegares. O mbira é normalmente classificado como parte da família lamellaphone, e parte da família idiophone de instrumentos musicais. Os membros desta grande família de instrumentos são conhecidos por uma grande variedade de nomes: likembe, mbila, mbira huru, mbira njari, mbira nyunga nyunga, sansu, zanzu, karimbao, marimba, karimba, kalimba, okeme, ubosanza, e até marímbula.

Os dentes foram inicialmente feitos de bambu, mas ao longo dos anos teclas de metal têm sido desenvolvidas. O mbira parece ter sido inventado duas vezes na África cerca de 3000 anos atrás, e lamelofones tined de metal apareceu no rio do vale Zambeze cerca de 1.300 anos atrás. Em meados de 1950 o mbira foi a base para o desenvolvimento do kalimba, um piano de polegar ocidentalizado, concebidos e comercializados pelo ethnomusicologist Hugh Tracey, levando a uma grande expansão de sua distribuição fora da África.

As músicas tocadas por Erica Azim são muito utilizadas para uma meditação, digamos, instantes de muita tranquilidade onde deixamos o momento fazer parte de nosso ser, a alma se relacionando com todo o universo.

Para meditar Erica Azim:

E baseado no mesmo princípio:

As lavandas de Cunha, SP

Cunha é uma cidade localizada numa região muito bonita. Fica entre Guaratinguetá e Parati. A estrada vindo de Parati ainda está em obras (estado do Rio de Janeiro) e até a Rodovia Dutra está ótima (estado de São Paulo). Claro que tomando cuidado com policiais rodoviários que aparecem de surpresa ao seu lado (não é válido multar assim, mas se te multar chance zero de ganhar se recorrer). Segundo pessoas da região até outubro de 2015 será possível ir numa boa até Paraty (carros altos conseguem ir numa boa atualmente). Vale a pena um bate e volta até lá num domingo ou sábado.

Este caminho faz parte da Estrada Real:

c3

Além da beleza natural a cidade sempre foi conhecida pelas cerâmicas que são produzidas por lá. Lindas e vale a pena visitar e até comprar:

c8

O portal e a cidade:

c2

c7

c12

Na minha opinião a ida até lá já vale a pena para conhecer as plantações de Lavanda ou Alfazema:

c1

Não deixe de visitar:

c5

c18

c17

c19

c20

E leve para casa alguns produtos do Lavandário:

c4

Está surgindo por lá agora o espaço chamado:
c15O proprietário decidiu plantar lavandas também e já faz suas essências. Inaugurou neste final de semana um espaço onde você pode passar algumas horas tomando um cafezinho (ele faz um chá delicioso para você). No futuro pensa até numa musica nos finais de semana.
c13

c14

Para ficar hospedado existem inúmeras pousadas, e entre elas destacamos:

Pousada da Mata

c33

Pousada caminho das artes

c34

Pousada Barra do Bié

c35

c36

Para comer indico 3 lugares (são vários restaurantes):

Casa da Serra (Gentil)

Nesse restaurante que fica entre o Lavandário e o Contemplário a comida é sempre fresca e as massas são produzidas artesanalmente na hora, e sempre tem uma opção vegetariana (massa):

c30

c31 c32

Restaurante Drão (na cidade) – tem opção vegetariana (massa ou risoto)
c11Observatori – tem opção vegetariana (massa)

c9

c10

Cerâmica – se gosta de cerâmica veja os locais onde poderá ir neste link: http://www.portaldecunha.com.br/cunha/ateliecunha.html

E no final da tarde voltando para São Paulo ou Campinas:

c6

Rede de Hoteis Tierra do Chile e veículos mais vendidos no semestre

2c3

No verdadeiro estilo Tierra, a arquitetura dos Hotéis da Rede Tierra do Chile está em sintonia com os belíssimos arredores onde cada um delses está localizado.

Tierra Chiloé

Lugar de gente hospitaleira, com suas palafitas, “curantos“ e “El Trauco”, o arquipélago de Chiloé cativa quem chega a suas terras. Na atualidade Chiloé atrai turistas nacionais e estrangeiros que buscam conhecer e fazer uma imersão na magia e cultura desta ilha que mantém sua natureza e suas tradições ao longo dos séculos. Os rios, riachos, lagos, lagoas, enseadas, praias e canais determinaram a vida e a cultura dos “chilotes” marcados pelo mar, pela pesca, pela coleta de mariscos e pela navegação. O artesanato de Chiloé é muito valorizado pelos turistas, reconhecido pelas cestarias, suas lareiras de pedra, por suas mantas de tecidos de lã de ovelha fiados a mão, elaboradas no tear e tingidas com ervas ou vegetais, 100% naturais, graças às técnicas herdadas de geração em geração.

2c1

Em Chiloé pode-se desfrutar lindas paisagens oferecidas graças a sua geografia irregular, onde predominam pelo lado leste suas verdes colinas e águas calmas, e de outro o imenso e poderoso Oceano Pacifico que se choca com força nas rochas da costa oeste. Este é o cenário de uma rica biodiversidade que impressionou Charles Darwin no século XIX, e esta natureza exuberante atualmente é lar dos marsupiais “monitos del monte” ; o pequeno mamífero“pudú”; como também muitas espécies de árvores tais como “ulmos”, ”mañíos”, “canelos” e “coigues”, que evoluíram isolados, originando espécies de animais e de vegetação próprios deste grande continente austral.

2c2 2c3

O Tierra Atacama

2a1é um hotel boutique no limite de San Pedro de Atacama. Foi criado pela família Purcell, dona e gestora há muitos anos da estação Ski Portillo, famosa no Chile por seu excelente esqui, gastronomia e calorosa hospitalidade. Como Portillo, o Tierra Atacama proporciona aos hóspedes experiências que combinam aventura e esportes ao ar livre com confortos no interior, hospitalidade e excelente serviço.

2a2

Sua arquitetura, design interior e jardins foram desenhados por alguns dos mais criativos talentos do Chile. O objetivo foi deixar o hotel o mais autêntico possível, usando mobílias e acessórios feitos à mão com materiais locais, e ao mesmo tempo criando um lugar que permita aos hóspedes relaxar, mimar-se e aproveitar a boa vida nesta parte mágica do mundo. O ambiente é casual e amigável. Quando a noite cai, mire as brilhantes estrelas, aqueça-se na paz e maravilhe-se com o Deserto do Atacama.

2p5

O Tierra Patagonia Hotel & Spa está localizado em uma encosta onde o pampa sul-americano encontra o Lago Sarmiento. O edifício está imerso na paisagem e emerge da encosta. A arquitetura premiada complementa o fluxo da geologia nesta localização privilegiada e apresenta as magníficas vistas ao Parque Nacional Torres del Paine, declarado Reserva da Biosfera pela UNESCO em 1978.

2p1

No interior, as paredes revestidas de madeira emanam calor, segurança e proteção – um refúgio acolhedor depois de um dia descobrindo as incríveis paisagens da Patagônia.

2p3A essência da decoração interior reflete o design do hotel irmão, o Tierra Atacama, e aqui, como lá, mobiliários e tecidos foram feitos à mão por artesãos do Chile, utilizando materiais naturais da região, acabamento de alta qualidade e inspiração nas fazendas vizinhas, bem como a influência do povo nativo Tehuelche.

2p2

O ambiente do Tierra Patagonia é casual e amigável, os diferentes espaços criados pelos designers induzem os hóspedes a conviver e conhecer uns aos outros, ou encontrar um canto tranquilo para relaxar e distanciar-se de tudo.

2p4

Há algo de verdadeiramente delicioso em aconchegar-se em um sofá confortável com um cobertor no colo, um livro e uma taça de vinho, e em seguida esquecer-se do livro e apenas olhar pela janela em um dos lugares mais sublimes da Terra.

Autos mas vendidos em Chile – 1º semestre de 2015

Como no Brasil e vários países deste nosso planeta Terra a venda de carros novos sofreu uma queda de 21% com a desaceleração da economia chilena em 2015. A economia é assim mesmo, uma hora está bem e em outro momento balança e assim os anos vão correndo. Os empresários tem que estar atentos sempre sem pestanejar e os funcionários de empresas sempre em forma, qualquer vacilo ou implicância da chefia dançamos. Muitas vezes a crise é tão brava na empresa que muitos correm riscos, não é fácil não. Mitas vezes tem-se que trabalhar mais de 12 horas dia e ainda querem mais.

Nas vendas de carros e SUVs a ordem é (ANAC do Chile):

1º – GM
2º – Kia
3º – Hyundai

Interessante que em junho a Kia assumiu o primeiro lugar em vendas no Chile.

O primeiro lugar em vendas foi surpreendentemente a Mitsubishi L-200 (5.570 unidades), a seguir Hyundai Accent (5.020), Kia Rio (4.094), Chevrolet Sail (3.797), Toyota Hilux (3.755), Kia Morning (3.281), Suzuki Swift (3.024) e Nissan Qashqai CL (2.528).

Hyundai Accent:

2ac1

Carros: Hyundai Accent (5.020 unidades), Kia Rio (4.094), Chevrolet Sail (3.797), Kia Morning (3.281), Suzuki Swift (3.024), Toyota Yaris(2.054), Chevrolet Spark (1.700), Nissan Versa CL (1.653), Mazda All New Mazda 3 (1.556), Kia Cerato (1.514).

2sai1

SUVs: Nissan Qashqai CL (2.528), Toyota RAV4 (2.227), Suzuki Gran Nomade (1.738), Mazda CX-5 (1.573), Kia Sportage (1.402), Hyundai New Tucson (1.368), Nissan X-Trail CL (1.042), Hyundai Santa Fe DM (1.012), Chevrolet Tracker (1.008) e Suzuki Grand Vitara (832).

Nissan CX-5:

2mx

Camionetes: Mitsubishi L-200 (5.570), Toyota Hilux (3.755), Ssangyong Actyon (2.228), Ford New Ranger (EE.UU., 1.412), Nissan Navara (1.207), Mahindra Pik Up (India, 1.069), Chevrolet D-Max (965), Nissan Navara CL (638), Mazda New BT-50 (629), Fiat Nueva Strada (Italia, 608).

Olimpíadas no Rio e o futuro

Partes da cidade do Rio de Janeiro se transformaram num canteiro de obras. Os locais mais importantes para as Olimpíadas estão recebendo muito investimento e sendo modernizados se assim podemos dizer. Na região da Barra até Recreio e mais adiante (Santa Cruz-Campo Grande) o sistema de transportes BRT já funciona (claro que já teve problemas nas pistas dos ônibus) e também tem a ligação para Aeroporto do Galeão. A estação principal fica na Barra: Alvorada.

r8

A região do Maracanã já foi toda arrumada desde a Copa do Mundo.

No região do Porto ( Porto Novo entre Santos Dumont e Rodoviária) as obras estão aceleradas com derrubada de vários viadutos (não gosto de derrubar, deveria ter outro aproveitamento com lojas na parte de baixo dos mesmos), construção de tuneis e recuperação de prédios (com construção de outros). Os modernos bondes do centro e Porto Novo estão com obras exageradamente atrasadas (muitos cariocas não acreditam que fique pronto).

E a Rodoviária? Vejas as fotos atuais dos terminais próximos à Rodoviária Novo Rio:

r2

r4

r1

Simplesmente horrível o estado das ruas, prédios e terminais perto da rodoviária. Claro com muitas obras e muita confusão.

Nos bairros após Santos Dumont (Aterro) destacando Humaitá, Botafogo, Flamengo, Glória está tudo como sempre foi (os bairro em si). A vantagem deles é a presença do Metrô que não tem nada a ver com Olimpíadas.

Na Zona Norte com já disse outra vez alguns trens chineses novos vão aparecendo e muitos já ficando velhos e sujos, veja o vidro e piso de um dos trens que vai para o Méier, e o de Campo Grande (e falam do Metrô de New York – acreditem o de New York é menos sujo):

r5

r3

Em Engenho de Dentro o estádio está sendo recuperado (absurdo o gasto desnecessário para refazer o que foi construído na correria no passado). Uma vergonha os turistas que forem via Central do Brasil para jogos no Engenhão e verificar as diferenças das estações onde só se salvam a própria do Engenhão e a do Maracanã.

r7

e nas imediações alguma melhoria:

r6

Agora, na maioria dos bairros da Zona Norte nada. Alguns razoáveis como Tijuca, Grajaú, Maria da Graça, Cachambi. E os outros como Méier, Engenho Novo, Riachuelo, Rocha, Cascadura, Madureira, e seguindo Bangu, Campo Grande?

Pensando no futuro, após as Olimpíadas o que será desses bairros esquecidos (e não coloquei todos)? Será que o valor gasto em determinadas áreas da cidade não seria melhor convertido sendo aplicado para toda a cidade? Não daria para reconstruir a cidade toda com o mesmo valor? Precisaria investir tanto dinheiro na região do Porto (veja que até o Eataly que acabou de abrir em São Paulo está procurando local no Rio e não ouvi falar falar que pretendam abrir no Porto Novo).

Daria para pegar todo o dinheiro investido nas Olimpíadas e arrumado toda a cidade (estações de trem decentes no Méier, Bangu, Engenho Novo, etc.). Não precisaria ficar perfeita, mas honesta para com todos seus habitantes. Tenho pena do Rio que deixou as favelas em áreas nobres. Tudo invertido. Você passa por exemplo em Campo Grande e vê as montanhas sem favelas.

Que oportunidade os governantes estão perdendo de arrumar toda a cidade do Rio de Janeiro, cujo povo que não pode andar nas ruas depois que escurece, merece dias melhores.

Pelo menos os atletas ficarão bem instalados e alimentados:

Honda, seja humilde e aprenda com a Ford

Não sei se compraria um veículo da Ford atualmente, mas tenho que reconhecer que a decisão da Ford de dar um desconto para os clientes que compraram o Focus 14/15, acreditando na empresa mesmo sabendo que na Europa o carro já era outro (nova frente), merece elogio. A Ford atualiza seus Focus (eu particularmente não gosto das empresas em que todos os carros tem uma só identidade – o ideal era cada modelo ter identidade própria) e pensa nos clientes. Quer dizer, coitados dos que compraram, por exemplo, por consórcio. Mas já é alguma coisa. O desconto de 15% no preço do novo para quem comprou a linha que ficou pouco tempo no mercado é significativo, por volta de R$ 12.000,00 (claro que depende de quanto irão pagar no semi-novo) . Pena que é somente para os modelos mais caros, mas é assim mesmo, quem menos tem sempre sofre um pouco mais, mas faz parte desta vida de contrastes fortes.

Agora, a Honda pouco se importou com os clientes que compraram o modelo Fit EX 14/15, e lançou o 2016 completíssimo como era até 2013 e ferro nos clientes que acreditaram na marca. A sorte da Honda é que o carro é muito bom e econômico. Mas arranha a imagem e muitos clientes não são tão bobos assim, e como eu já estão fazendo teste drive em outros veículos. Se tivessem sido um pouco espertos fariam como a Ford e dariam um desconto que pelos meus cálculos seria de R$ 6.300,00 no mínimo.

E vemos que a Honda por 10 anos consecutivos teve o melhor pós-venda do mercado brasileiro. As concessionárias na parte técnica realmente atendem bem os clientes e as revisões são rápidas e bem feitas, exceto o exagerado preço do alinhamento e balanceamento. Na minha modesta opinião a área de vendas só quer saber de te vender o carro e te convencer. Você acredita que um gerente de vendas de uma concessionária já não conhece os carros que chegarão como linha 2016 com no mínimo 3 meses de antecedência? Acredito que avaliação pós-venda envolve também as equipes de vendas, quem te vendeu o carro.

Quanto a mudança em si e como já disse acima tenho dúvidas quanto a beleza dos carros, prefiro o anterior, veja:

f3

ou 2016

f5

Por outro lado, faça um teste drive no Focus e no Nissan Sentra.

Interior do Focus, apelo jovem:

f4

Interior do Nissan Sentra, sobriedade:

f1

O novo Sentra 2016 é um veículo leve para se dirigir, opção interessante.

f2Ford Focus Titanium 2016 completo por volta de R$ 87.000,00
Nissan Sentra 2016 completo e com teto solar por volta de R$ 89.000,00

Já o Ford Titanium Plus 2016 com teto-solar e outros itens interessantes já sairá por volta de R$ 99.000,00

 

Goodwood Festival of Speed de 2015

Os jardins de Lord March se converteram no palco para mais esta edição do famoso festival, edição 2015. O nome do Festival é: Festival of Speed de Goodwood.  Terminou no dia 28 de junho. Foi um desfile de carros fabulosos. Algumas empresas não mereciam terminar melancolicamente, o mercado sempre fala mais alto, lucros astronômicos, cliente pouco importa, carros de qualidade sendo cada vez mais banalizados com materiais inferiores, sempre visando o alto lucro.

O francês Delahayes:

a1

a2

Veja a escultura que a Mazda desenvolveu para o Festival, incrível como dominou a paisagem:

Estiveram presentes 7 unidades das 8 que foram fabricados pela Mercedes-Benz: 300 SLR que a Mercedes-Benz fabricou em 1955 para ganhar o campeonato mundial de resistência. Um dos automóveis mais espetaculares e com valor incalculável.

a3

E alguns vídeos interessantes:

Toyota Celica 2,1 litros, Toyota Racing Development 1.000 CV e pesa somente 885 quilos.