Microgreens – cultivo rápido para uma alimentação mais saudável

Pea - Thomas Laxton - Microgreens Seeds

Comer microgreens não é uma novidade muito recente, porém, os Chefs estão usando bastante em seus restaurantes. Por exemplo, Na Califórnia se usa muito os microgreens. Em New York, quando você compra saladas prontas sempre tem microgreens, e muitas vezes de flores. Os Chefs de restaurantes vegetarianos  (ou não) utilizam muito os microgreens no mundo todo. No Brasil o pessoal do Urban Farmcy usam e abusam dos microgreens.

O que é muito interessante é que os brotos já são produzidos em casa, principalmente por vegetarianos e veganos. No mercado você encontra os brotos principalmente de Alfafa e de feijão Moyashi. No varejão OBA já encontramos microgreens de rúcula (muito utilizados nas saladas prontas vendidas em supermercados e aeroportos dos EUA, Canadá e Europa) e mix.
Os brotos e os Microgreens podem ser produzidos pelas crianças que aprendem a cuidar e depois cortam fresquinho e colocam nas suas saladas e lanches. É uma excelente forma de incentivar o consumo pelas crianças de verduras e legumes.
A produção dos microgreens é rápida e os resultados podem ser acompanhados de perto. Produzir o próprio alimento é uma atividade sustentável e importante para o bem-estar humano, em ambientes com pouco espaço o cultivo de mini greens pode ser a solução!
O que é realmente um microgreen – pequeno vegetal comestível – podendo ser flores comestíveis, hortaliça, erva aromática, folhas de legumes. É a segunda fase do desenvolvimento de uma planta e precisa de solo ou um substrato, e luz solar. O cultivo pela hidroponia é bem utilizado..

Não podem ser comparados a brotos, que são como o primeiro despertar de uma planta.

Neste vídeo ele mostra a diferença entre brotos e microgreens, focando na possibilidade de produzir em casa:

E neste vídeo uma produção comercial, até com automatização no corte e embalagem. Nestes casos, o maior trabalho é separar os pedidos e embalar.

Estudos feitos em Universidades e  órgãos que analisam os nutrientes, concluiram que os microgreens apresentam de quatro a 40 vezes mais nutrientes do que os mesmos vegetais, quando ficam adultos digamos, e são vendidos normalmente nos supermercados.

Resultado surpreendente que indica sua utilização e desponta como a alimentação do futuro.

Embalando para entregar aos supermercados:

Once the seeds germinate, you can move them to a sheltered sunny position like a windowsill or greenhouse.

Veja este vídeo também:

Flores comestíveis – Edible Flowers

Existem diversas flores comestíveis.

Omelete com microgreens e edible flowers:

Resultado de imagem para flowers microgreens

E as sementes (seeds):

Vamos dar alguns exemplos:
Microgreens Rúcula Orgânica (Verde):
Genovese Basil MicroGreens
Colheita em cerca de 20 dias.

Micro-Greens Rabanete Daikon Organic (Verde):
Radish Hong Vit MicroGreen
Colheita em cerca de 9 dias

MILHO – PIPOCA AMARELA – SEMENTES MICROGREENSES (ORGÂNICAS):
Corn - Yellow Popcorn - Microgreens Seeds (organic)
Meio de Crescimento Adequado: Solo (preferencial) ou Hidropônico
Tempo de germe: 2-3 Dias
Tempo de colheita: 12-16 dias
Cor: amarelo brilhante que se transforma em verde claro
Sabor: Um sabor doce açucarado
Textura: fresco e crocante
Nutrientes: Vitaminas A, B, C e E, cálcio, clorofila e magnésio
Os rebentos de microgreen de milho doce são fáceis de cultivar e crescem bem no solo ou num tapete de cultivo hidropónico, mas preferimos o solo para este micro surpreendente. Existem algumas diferenças importantes na técnica de crescimento neste micro da maioria dos outros micros que você cultivou. Com brotos de milho você deve colher em torno de 6 dias. Se crescer mais do que isso, eles começam a desenvolver suas folhas, que são muito fibrosas e não são boas para comer.

Bibliografia:

  • https://www.ecycle.com.br/component/content/article/38-no-mundo/2169-microgreens-pequenos-vegetais-podem-ser-cultivados-em-casa-e-tem-cerca-de-40-vezes-mais-nutrientes.html
  • http://ciclovivo.com.br/mao-na-massa/horta/microgreens-saiba-o-que-sao-e-como-cultiva-los-de-forma-organica/
  • https://www.microgreensla.com/shop
  • https://www.davids-garden-seeds-and-products.com/buymicrogreensseeds.html
  • https://www.trueleafmarket.com/products/pea-thomas-laxton-microgreens-seeds?variant=47772290952
  • https://nouvellefresh.co.za/product/edible-flowers/

Restaurantes veganos e vegetarianos – alta qualidade

Não conheço todos os restaurante vegetarianos que existem, mas destaco 2 empreendimentos que realmente são diferenciados, com certeza entre os melhores e mais inovadores do Planeta.

New York – Dirt Candy

Dirt Candy está localizado na 86, Allen Street entre Grand e Broome Streets.

Resultado de imagem para www.dirtcandynyc.com fotos

Resultado de imagem para www.dirtcandynyc.com fotos

A Chefe e proprietária Amanda Cohen do Dirt Candy foge do lugar comum criando pratos muito bem elaborados. No jantar tem que reservar lugar antecipadamente pois o local lota. Perto de estação do Metrô, em Manhattan, mas não se assuste com a região, caminhe tranquilamente por lá. Fica, mais ou menos, próximo da Ponte do Brooklyn.

brussel sprout tacos dirt candy

Porto Alegre – Urban Farmcy

O Urban Farmcy fica Rua Hilário Ribeiro, 299 – Moinhos de Vento, Porto Alegre – RS.
“LET´S REDEFINE THE FUTURE OF FOOD – Somos uma marca que tem como missão redefinir o futuro da alimentação. Para isso, trabalhamos de forma coletiva nas duas extremidades da cadeia: do cultivo ao consumo, Farm to Mouth”.

É um restaurante moderno e com proposta muito interessante. Utiliza microgreens e vários outros ingredientes de primeira qualidade e orgânicos. Deve abrir filial na cidade de São Paulo no início de 2019.

A entrada é imperdível, como dizem seria o substituto da batata frita do MAC:

KALEFORNIA CHIPS

KALEFORNIA CHIPS

As folhas de Kale (Couve Crespa) são temperadas com uma pasta de Castanha de Caju, Pimentão Vermelho, suco de Limão Siciliano, Levedura Nutricional, Sal do Himalaia e Pimenta Caiena. Em seguida, desidratadas preservando todos os seus nutrientes e se transformando em deliciosos chips. Também trabalhamos com uma opção sem Pimenta.

Ainda, segundo os proprietários: “Hoje, produzimos Kale, uma espécie de Couve Crespa, símbolo mundial do superfood por ser extremamente rica em fito nutrientes e antioxidantes. Pouco desenvolvida no Brasil, importamos as sementes para o cultivo deste vegetal tão importante. Também cultivamos os Microgreens, vegetais em seu segundo estágio de vida, entre 7 a 14 dias após a germinação. É neste momento que as plantas estão com maior intensidade de sabor e densidade de nutrientes. Estudos comprovam que os Microgreens, dependendo da espécie, podem ter de 4 a 40 vezes mais nutrientes que as sua versão adulta. Nossos Microgreens: Beterraba, Rúcula, Wheatgrass (Grama de Trigo)”.

Uma ideia que deu certo…

Por vezes nos lamentamos por não ter o que fazer ou até mudar de profissão, ou desemprego.

E no Brasil daqui para frente você vai ter que se virar para sobreviver.

Veja a ideia da Aorta comunitária: “Viemos espalhar hortas comunitárias pela cidade para inspirar as pessoas a cultivar relações bem temperadas e seus próprios alimentos! 
Acha que cuidar de horta é difícil? chato? solitário? Não por aqui!
Vamos te ensinar tudo sobre o mundo das hortas de uma forma leve, prática e divertida”!