Leo Tolstoy Museum – Estate “Yasnaya Polyana” – Como foi preservado após a guerra.

O Museu do Leo Tolstoy publicou hoje esta matéria interessante:

Continuamos a falar sobre como o museu-mansão de “Yasnaya Polyana” conseguiu sobreviver a um momento militar difícil. Graças aos livros do museu, pudemos mudar-nos para a mansão onde viveu Leo e rever vivamente os eventos do período:

“Nós, os trabalhadores do museu, tínhamos medo da segurança do museu. Pareceu-nos que as tropas militares iriam ocupar o espaço do museu “,- disse o guarda do museu Sergey Ivanovich Shchegolev. Juntamente com ele, a analista científica do Museu Maria Ivanovna Pegoleva, analistal técnica Maria Ivanovna Markina, a analista técnica Maria Ivanovna Markina, a guarda de Dmitry Semenovich e Boris Ivanovich Filaret e outros lutavam pelo destino da mansão familiar de Leo Tolstoy. De acordo com as memórias de Maria Ivanov, o primeiro carro alemão entrou no território da mansão na manhã de 30 de outubro: “Saíram três oficiais. Eram médicos. Um deles – Dr. Schwartz – altivo, em russo e sem sotaque nos disse que os alemães procuram lugares para organizar um ponto de travessia. Interessados no museu. No livro dos visitantes o registro em alemão, estranho: “Os três primeiros alemães estão a acampar na luta contra a Rússia”. Tentamos salvaguardar as salas do museu. Os alemães são muito educados e amáveis, prometem ajudar. Logo, escrevem na lista de papel em lápis vermelho “certificado de segurança” para o museu doméstico: “Betreten verboten – Wohnhaus de Tolstoy” com o sinal do major (o sobrenome é escrito indecifrável). Em russo, significa: “É proibido entrar na casa de Tolstói (o maior escritor russo)”. Talvez possamos manter a casa em plena guerra?”. Um mês depois, em 30 de novembro, ela escreve: “Hoje eu me assustei. De manhã mudaram os livros de Tatiana Lviv para a segunda sala de Sergei Lvovich. Livros da biblioteca científica foram parcialmente transferidos para o seu apartamento, eles estão sendo destruídos pelos ímpios. Estou cansada. À noite vou ao museu, – novamente para o tararam. <… > Os nervos não aguentam. Eu choro, consciente da minha impotência. Não, e os tristes restos da casa de Tolstoy morrerão!”. O último dia da ocupação da Yasnaya Polyana foi especialmente difícil – deixando a mansão, os alemães queimaram a casa em que viveu o famoso escritor: “Estou correndo para a casa das munições voadoras para a casa de Tolstói. Só restam alemães solteiros aqui. Pede um markinu limpador, tentando entrar em casa. Vou conhecer o não oficial alemão Hinaus, hinaus!” [Fora, fora!]- expulsa. ” Wohnhaus – em morrer Luft!..” [Casa para o ar!]. Mas agora não podes ouvir. Eu corro e chamo trabalhadores e funcionários – precisamos nos apressar para salvar o museu. As nuvens de fumaça já saem das janelas da casa de Tolstói “. O fogo não foi fácil: os alemães quebraram o poço atual, então usaram neve em vez de água. Mas, de repente, o pessoal do museu pensou em verificar se não havia água no velho zakoločennom, bem. ” Estamos a tirar-lhe a prancha. Há água! A situação está salva… Há uma luta contra o fogo “,- escreve Maria Ivanovna Pegoleva. A restauração do museu já começou. No relatório, nota do chefe dos fundos do museu Eugene Nikolaev, a partir de 1941 de dezembro de 29: ” Acho que é necessário reparar a exposição o mais rapidamente possível devido ao fato de que agora após o lançamento da Polyana clara de bandas alemãs, que vai subir “.[Foto: 1942 de maio. No local em frente à casa do Leo Tolstóy tem pessoal do museu (da esquerda para a direita): Maria Ivanovna Markina, Maria Ivanovna Pegoleva, Ivan Ivanovna e Sergey Ivanovna Shchegolev]

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé, árvore e atividades ao ar livre

Quasar…Supernova – Open Conference

Um evento verdadeiramente espiritual provoca alterações em todo o macrocosmo. E porque não dentro do Homem que labora pela verdade, que encontra e dá espaço para sua essência. É uma possibilidade e não um sonho…

Quasares são fontes de energia muito intensas e brilhantes em algumas galáxias gigantes distantes, onde uma ação energética está ocorrendo, alimentada por um buraco negro super massivo no centro daquela galáxia.

Supernova é um evento astronômico que ocorre durante os estágios finais da evolução de algumas estrelas, que é caracterizado por uma explosão muito brilhante.

Festival da Cultura Cafeeira de Campinas

Um domingo diferente em Campinas. Além de caminhar no Parque Portugal, localizado no Taquaral, você poderá visitar o Festival da Cultura Cafeeira.

Jpeg

Poderá comer um lanche nos Food Trucks que estão no local e tomar um cafezinho, cujo valor arrecadado servirá para recuperar o local. Continuar lendo Festival da Cultura Cafeeira de Campinas

Inaugurada a sala de concertos com a melhor acústica do mundo

A Filarmónica do Elba (Elbphilharmonie), em Hamburgo, foi hoje inaugurada depois de quase um década em construção e de um custo final de 866 milhões de euros.

É o novo símbolo de Hamburgo. Um edifício marcante na cidade que combina um armazém histórico com uma arrojada estrutura de vidro que parece flutuar no ar. Os dois elementos são ligados por 362 conjuntos de molas de aço.

A sala de concertos está desligada do resto da construção, de modo a que não se ouçam ruídos da zona portuária. Assim, a entrada na sala de concertos fica a 37 metros de altura da rua.

O som que chega ao público, nos 2.150 lugares agrupados em forma de terraços, é o mesmo em todos os lugares. O responsável pela acústica é o japonês Yasuhisa Toyota, considerado um dos melhores especialistas nesta área no mundo.

Entre a parte antiga e a nova, fica a Plaza da Elbphilharmonie, um terraço aberto em toda a volta, de onde se tem uma vista da cidade e da área portuária. Deste terraço, tem-se acesso às duas salas de concertos, a um restaurante, a um hotel com 250 quartos e a 45 apartamentos de luxo.

Outro destaque arquitetônico do prédio é o telhado em forma de ondas, em alusão à água e ao som.

Hamburgo orgulha-se muito da sua história musical: George Friederich Händel, ainda jovem, apresentou algumas obras na ópera da cidade, e Johannes Brahms nasceu em Hamburgo. É por isso que o concerto inaugural foi transmitido em direto no YouTube.

Música no Feira dos livros de Guadalajara

Ensaio no Encontro cultural da Feria Internacional del libro de Guadalajara, México. Es la reunión editorial más importante de Iberoamérica y un extraordinario festival cultural. Fundada hace 30 años por la Universidad de Guadalajara. De Mongolia a la Patagonia, un origen, muchas lenguas.

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=10157964467320637&id=116526625636

 

 

Steve Jobs – filme

Acabei de assistir o filme Steve Jobs. Não gostei do filme, porém, não digo para você não assistir.

O filme insistiu muito no caso da filha de Jobs que ele não aceitava como sua filha e quando ela fez 18 começou uma aproximação muito legal entre os 2. Mas na minha opinião isso faz parte da vida particular dele, o importante a considerar e relevar é sua contribuição ao mundo do Ti. De sua exigência na qualidade e dentro de sua ideia de criar um computador que não poderia dar problema e muito fácil de usar. O usuário não poderia ter problema com seu equipamento, não ter dor de cabeça. Tinha até aquela de que se um Mac Apple desse problema poderia jogar fora e comprar outro, isso se desse problema. E não existe perfeição absoluta neste mundo onde vivemos. O fato é que as equipes que trabalharam com Jobs sempre, sempre tiveram muita qualidade. E sabemos que um programa (hardware) pode se recuperar se bem programado, deu problema desvia para um rotina que faça um contorno.

A questão é a própria Apple era muito conservadora e não aceitava totalmente a revolução que Jobs pregava, o usuário não tem que guardar comandos e sim, na época com os mouses você comandava a máquina sem dar comando decoreba nenhum. E o design dos equipamentos, no adiantava somente alguém fazer o design, mas havia a necessidade de alguém visionário que o aperfeiçoasse e tivesse um gerenciamento nos processos fabris.

Na minha modesta opinião o filme tinha que mostrar com mais detalhesa convivência entre Jobs e seu designer preferido.

Também no filme não mostra commais detalhes a mudança no visual de Jobs, quando cortou o cabelo mais curto e começou usar óculos estilo John Lennon.

Não tiro a importância da Microsoft com seu Windows (Jobs abriu caminho).

Tiro o chapéu para Bill Gates e principalmente Steve Jobs que simplificou o uso dos computadores. A Apple (mesmo nome da gravadora dos Beatles) realmente merece estar onde chegou como uma das empresas mais valiosas do mundo.

Anualmente estão patinando um pouco, pois tem muito ainda para criar, alguém precisa saber ouvir e ver.