Segurança para rodar no carro sonhado

Você trabalha, dá duro, monta uma indústria, oferece inúmeros empregos, paga impostos pesados para o “desenvolvimento” do Município, Estado e País. É claro que também sobra uma grana, afinal de contas não é fácil por a cabeça no travesseiro e dormir sem nunca pensar no andamento da empresa e contas a pagar.

Daí, o cara compra o carro que gostaria e pode, merece, e não pode andar sossegado nas ruas.

Corre risco de ser assaltado, sequestrado por alguns folgados que deveriam estar trabalhando. Mesmo com a falta de emprego, tem muita coisa para se fazer. O cara deve usar a inteligência não para o mal e sim contrutivamente.

Na segunda-feira estava na estrada que une Amparo ao município de Pedreira, na Avenida onde está a fabrica da Ypê e de repente passa a Maserati acima e logo na frente entra na fábrica da Ypê. Interessante, é que tinha um Astra seguindo o carro de perto e na mesma velocidade, e entrou junto na fábrica.

Você compra uma Maserati e tem que aturar um Astra na sua cola (com seus seguranças, é claro). Se eu tivesse uma Maserati queria ver no retrovisor uma Ferrari, uma Lanbhorghini, Porsche, o meu Fiesta, etc.

Tá certo isso, não temos sossego. Se não temos dinheiro levam nossas roupas do varal. Se temos um pouco de dinheiro levam nosso carro. Se temos muito dinheiro levam a gente junto.

Tem trabalho minha gente, tem trabalho!

A solução está na cara, cristalina

O responsável pelo trânsito da cidade de São Paulo foi entrevistado ontem pela Rádio Bandeirantes, tendo ao final a participação do radialista José Melo Marques (tá certo?) que se refere ao trânsito de São Paulo como “o terrível”.

Fiquei decepcionado com a falta de propostas inovadoras para o trânsito de São Paulo. A mesma conversa de sempre, de que as indústrias automobilisticas são as culpadas, com previsão de aumento da venda de carros. É isso mesmo, todos merecem ter seu carro, e prefencialmente novo. Vamos abaixar o preços dos carros mais populares para renovação da frota que circula em nossas ruas. 

Veja um empresário chegando para trabalhar, utilizando modernos ônibus que circulariam pela cidade com ar-condicionado, etc. Para que utilizar o carro todos os dias, tendo boa condução.

india81.jpg

Complementando:

Percebi ouvindo a entrevista, que a cidade de São Paulo é muito grande para uma só pessoa estar coordenando, assim daria uma sugestão para o Engenheiro Politécnico Kassab, que apesar de estar atrás nas pesquisas de inteção de votos para a Prefeitura, convenhamos, está fazendo um bela administração na cidade. Está mais limpa. Temos alguns buracos, mas na minha opinião a malha viária está bem calçada. A Caetano Alvares está ficando linda com os novos canteiros centrais, com pista para caminhadas. Parabéns.

Pelo que noto, a administração municipal da cidade de São Paulo funciona muito bem quando coloca nas Administrações Regionais pessoas trabalhadoras e que gostam da região onde moram. Assim, minha sugestão para o trânsito é a descentralização das idéias e práticas.

Cada Administração regional teria seus responsáveis por soluções de trânsito. Estaria ouvindo a população, resolvendo problemas mais simples e inerentes à região. O controle Central do trânsito se especializaria na grandes vias da cidade.

O que roda na Índia

Os veículos indianos em breve estarão rodando aqui no Brasil. Nos salões já vimos, nas ruas ainda não vi.

A Mahindra (grande conglomerado), que na Índia também tem uma parceria com a Renault, será a primeira:

india1.jpg

Eu compraria um destes para trabalhar:

india2.jpg

A Tata Motors é imensa, não sei quando trará os carrros para o Brasil:

Apesar de Gandhi a tradição inglesa continua pelo lado direito.

india3.jpg

india4.jpg

india5.jpg

india6.jpg

india7.jpg

A Tata produz uma linha completa de caminhões e ônibus. Os motores são Cumins.

india8.jpg

Carros na Índia, o que roda por lá:

http://www.carazoo.com/

O 10 carros a diesel mais populares da Índia (sonho de todos os brasileiros):

http://www.carazoo.com/dieselcars 

Tata Motors Group (Indian)

O Grupo Tata da Índia já atua na Amércia desde 1945. Por exemplo, é a maior provedora de serviços de software da Índia. A Tata Chemicals, uma das divisões Tata Group, comprou a General Chemical Industrial Products Inc (General Chemical) nos EUA.

Veja o porte do Grupo Tata:

http://www.tata.com/0_companies/index.htm

Na área de veículo a Tata é pioneira na Índia:

http://www.tata.com/0_products_services/homes_individuals/passenger_cars.htm

O site da Tata Veículos:

http://www.tatamotors.com/

Veja na página principal do Grupo o anúncio sobre a compra da Jaguar e Land Rover:

http://www.tata.com/index.htm

Pelo acordo de compra, a Tata não tem como fornecer motores para as novas empresas. Assim, por 5 a 10 anos a Ford continuará fornecendo motores e outros componentes.

Site da Land Rover e seus produtos:

http://www.landrover.com/int/en/Company/Sustainability/ourplanet.htm

Jaguar:

http://www.jaguar.co.uk/uk/en/home.htm

No próximo post trarei alguns carros e caminhões da Tata e da Mahindra, outra empresa Indiana que concorreu e não levou a Jaguar e Land Rover:

http://www.mahindra.com/index.asp#

Hotel 5 estrelas móvel

Que tal fazer uma viagem levando o próprio Hotel 5 estrelas. O carro fica como um detalhe para dar uma voltinha pela cidade. Na estrada um baita ônibus com motor potente e muita estabilidade. Se for automático então, é ficar na estrada.

deserto1.jpg

Veja todas as fotos e o interior do ônibus:

http://www.abunawaf.com/mm-4983.html 

Trem bala Rio de Janeiro-São Paulo-Campinas

Agora vai! E eu irei. Sem dúvida, farei viagens mais constantes para o Rio de Janeiro. O projeto que dará base para o Edital já está em andamento. Para este trabalho o Governo Federal já contratou uma empresa gabaritada para fazer o projeto (já prestam consultoria para a Petrobrás).

Saudade do trem que serpenteava ao lado da Dutra. Quantas vezes tivemos inundações no Rio Paraiba do Sul e a Rodovia Dutra parava, os trens deixavam de circular. É muito bonito viajar na Dutra tendo o Rio ao lado, coisa bonita. Relembrando que o Rio Paraiba do Sul é formado pela confluência dos rios Paraitinga e Paraibuna, nasce na Serra da Bocaina, no Estado de São Paulo, fazendo um percurso total de 1.120Km, até a foz em Atafona, no Norte Fluminense. A bacia do rio Paraíba do Sul estende-se pelo território de três estados – São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro – e é considerada, em superfície,
uma das três maiores bacias hidrográficas secundárias do Brasil, abrangendo uma área aproximada de 57.000km² (http://www.feema.rj.gov.br/bacia-rio-paraiba-sul.asp?cat=75).

trem5.jpg

Será que o novo trajeto seguirá ao lado do Paraiba do Sul? E da Dutra? Na Dutra?
Veja no site da Agência do Brasil que o Projeto está caminhando:

http://www.agenciabrasil.gov.br/noticias/2008/03/03

Como estamos sonhando, e este sonho será realidade, vamos elocubrar. Saindo de manhã de São Paulo (7 horas) estarei no Rio às 9 horas. Fazendo baldeação no Metrô, em 30 minutos chegaria na praia de Copacabana. Por volta das 15 horas novamente na Central do Brasil e pegaria o trem de volta. Compro passagem para uma cabine com chuveiro. Almoço na viagem e chego em São Paulo às 18:30 horas. Em tempo para uma Pizza. Ou, às 19 horas em Campinas e dou ainda um pulinho no Shopping D. Pedro.

Nova Estação Central do Rio de Janeiro e o trem bala? Ou nova Estação da Luz?

trem1.jpg

Passando ao lado da Dutra e Rio Paraiba do Sul:

trem2.jpg
Dúvida? Vamos dar uma desviada para o Aeroporto do Galeão, Volta Redonda? Taubaté? São José dos Campos? Aeroporto de Cumbica? Jundiaí?

trem3.jpg
Os trens estacionados em Campinas ou em São Paulo (naquele terreno enorme na curva da Marginal do Tietê para a marginal da Anhanguera?

trem4.jpg

Obs: Os trens acima circulam no Japão.

Os caras que irão fazer o projeto:

http://www.halcrow.com/html/our_markets/rail/rail.htm

Vídeo para sonharmos:

http://www.halcrow.com/html/media/flash/ctrl_flv.htm

Em 2004 já estavam com um pé no projeto:

http://www.ferrovianortesul.com.br/TAV_RELATORIO_ABRIL05.pdf

Em 2007/ 2008:

http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u378615.shtml

http://www.maxpressnet.com.br/noticia-boxsa.asp?TIPO=CE&SQINF=308508

http://www.valec.gov.br/clipping/20071204-1.htm

http://www.saopaulo.sp.gov.br/sis/lenoticia.php?id=92961

Novas linhas de ônibus luxuosos

Sabemos que existem vários ônibus fretados fazendo linhas exclusivas, por exemplo Santana/Mandaqui/Limão até Luiz Carlos Berrini. Também de cidades próximas de São Paulo tipo Campinas/Valinhos/Vinhedo/Jundiaí/Cajamar até Avenida Paulista.

Deveriam existir algumas linhas com ônibus mais luxuosos, como os que fazem as linha atuais, porém com bancos um pouco mais macios, ar-condicionado e mais lugares.

Seriam linhas não cobertas atualmente.

Uma sugestão de trajeto:

Saída: Av. Nova Cantareira (Jardim França- Zona Norte) até Rede Globo (Av. Roberto Marinho com Berrini (perto da Ponte Estaiada Otávio Frias)
Trajeto: Voluntários, Caetano Álvarez, Estação Barra Funda Metrô, Sumaré, Brasil, Juscelino, Berrini.

E  tenho certeza que surgiram várias linhas interessantes para cobrirem lacunas e que permitiriam que vários motoristas deixassem o carro em casa. Sempre com ônibus luxuosos. Poderiam ter Sanitário e máquinas vendendo lanches e sucos.

Você tem idéia de outras linhas que permitissem deixar o carro em casa?

Novidades na área automotiva

Indico um Blog que muitos já devem conhecer. Ele traz muitas informações sobre as montadoras, o que está rolando.

Notícias como esta da Fiat/Iveco investindo pesado em fábrica de motores:

“FPT COMPRA TRITEC E ANUNCIA NOVOS MOTORES
A FPT – Fiat Powertrain Technologies assinou acordo com Chrysler para a aquisição da Tritec Motors, que possui uma das fábricas de motores mais modernas do mundo em Campo Largo, região metropolitana de Curitiba. A aquisição inclui o terreno, a unidade industrial, as linhas de produção e a licença para produção da atual linha de produtos. O investimento será de R$ 250 milhões, incluindo custo de desenvolvimento. A FPT anunciou também que produzirá na planta uma nova gama de motores midsize, nas versões gasolina e flex. O desenvolvimento destes novos produtos será realizado de forma integrada pelos Centros de Engenharia de Betim e da Itália e técnicos da fábrica de Campo Largo. Serão gerados cerca de 500 novos empregos diretos e 1.500 novos empregos indiretos (13 de março).

 MOTORES MAIS AVANÇADOS NA LINHA DA FPT
A Tritec Motors foi constituída a partir de uma joint venture firmada em 1997 entre a BMW e a Chrysler para fabricar no Brasil motores 1.4 e 1.6 litro, destinados ao mercado externo para aplicação nos veículos Mini Cooper, da BMW, comercializado mundialmente, e PT Cruiser, da Chrysler, vendido na África do Sul, Europa e outros mercados externos. Em julho de 2007, com o fim da joint-venture entre Chrysler e BMW, a empresa produziu o seu último motor.  A FPT pretende investir fortemente na reativação da unidade industrial, em tecnologia, qualidade, no aumento da capacidade produtiva e em treinamento para formação dos atuais e futuros profissionais. Para Franco Ciranni, superintendente da FPT para o Mercosul, o investimento da FPT pode transformar a fábrica de Campo Largo no maior centro de produção de motores midsize na América Latina, com foco no mercado local e exportação.”

 

 http://www.automotivebusiness.com.br/home.htm