Tata Motors Group (Indian)

O Grupo Tata da Índia já atua na Amércia desde 1945. Por exemplo, é a maior provedora de serviços de software da Índia. A Tata Chemicals, uma das divisões Tata Group, comprou a General Chemical Industrial Products Inc (General Chemical) nos EUA.

Veja o porte do Grupo Tata:

http://www.tata.com/0_companies/index.htm

Na área de veículo a Tata é pioneira na Índia:

http://www.tata.com/0_products_services/homes_individuals/passenger_cars.htm

O site da Tata Veículos:

http://www.tatamotors.com/

Veja na página principal do Grupo o anúncio sobre a compra da Jaguar e Land Rover:

http://www.tata.com/index.htm

Pelo acordo de compra, a Tata não tem como fornecer motores para as novas empresas. Assim, por 5 a 10 anos a Ford continuará fornecendo motores e outros componentes.

Site da Land Rover e seus produtos:

http://www.landrover.com/int/en/Company/Sustainability/ourplanet.htm

Jaguar:

http://www.jaguar.co.uk/uk/en/home.htm

No próximo post trarei alguns carros e caminhões da Tata e da Mahindra, outra empresa Indiana que concorreu e não levou a Jaguar e Land Rover:

http://www.mahindra.com/index.asp#

Hotel 5 estrelas móvel

Que tal fazer uma viagem levando o próprio Hotel 5 estrelas. O carro fica como um detalhe para dar uma voltinha pela cidade. Na estrada um baita ônibus com motor potente e muita estabilidade. Se for automático então, é ficar na estrada.

deserto1.jpg

Veja todas as fotos e o interior do ônibus:

http://www.abunawaf.com/mm-4983.html 

Trem bala Rio de Janeiro-São Paulo-Campinas

Agora vai! E eu irei. Sem dúvida, farei viagens mais constantes para o Rio de Janeiro. O projeto que dará base para o Edital já está em andamento. Para este trabalho o Governo Federal já contratou uma empresa gabaritada para fazer o projeto (já prestam consultoria para a Petrobrás).

Saudade do trem que serpenteava ao lado da Dutra. Quantas vezes tivemos inundações no Rio Paraiba do Sul e a Rodovia Dutra parava, os trens deixavam de circular. É muito bonito viajar na Dutra tendo o Rio ao lado, coisa bonita. Relembrando que o Rio Paraiba do Sul é formado pela confluência dos rios Paraitinga e Paraibuna, nasce na Serra da Bocaina, no Estado de São Paulo, fazendo um percurso total de 1.120Km, até a foz em Atafona, no Norte Fluminense. A bacia do rio Paraíba do Sul estende-se pelo território de três estados – São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro – e é considerada, em superfície,
uma das três maiores bacias hidrográficas secundárias do Brasil, abrangendo uma área aproximada de 57.000km² (http://www.feema.rj.gov.br/bacia-rio-paraiba-sul.asp?cat=75).

trem5.jpg

Será que o novo trajeto seguirá ao lado do Paraiba do Sul? E da Dutra? Na Dutra?
Veja no site da Agência do Brasil que o Projeto está caminhando:

http://www.agenciabrasil.gov.br/noticias/2008/03/03

Como estamos sonhando, e este sonho será realidade, vamos elocubrar. Saindo de manhã de São Paulo (7 horas) estarei no Rio às 9 horas. Fazendo baldeação no Metrô, em 30 minutos chegaria na praia de Copacabana. Por volta das 15 horas novamente na Central do Brasil e pegaria o trem de volta. Compro passagem para uma cabine com chuveiro. Almoço na viagem e chego em São Paulo às 18:30 horas. Em tempo para uma Pizza. Ou, às 19 horas em Campinas e dou ainda um pulinho no Shopping D. Pedro.

Nova Estação Central do Rio de Janeiro e o trem bala? Ou nova Estação da Luz?

trem1.jpg

Passando ao lado da Dutra e Rio Paraiba do Sul:

trem2.jpg
Dúvida? Vamos dar uma desviada para o Aeroporto do Galeão, Volta Redonda? Taubaté? São José dos Campos? Aeroporto de Cumbica? Jundiaí?

trem3.jpg
Os trens estacionados em Campinas ou em São Paulo (naquele terreno enorme na curva da Marginal do Tietê para a marginal da Anhanguera?

trem4.jpg

Obs: Os trens acima circulam no Japão.

Os caras que irão fazer o projeto:

http://www.halcrow.com/html/our_markets/rail/rail.htm

Vídeo para sonharmos:

http://www.halcrow.com/html/media/flash/ctrl_flv.htm

Em 2004 já estavam com um pé no projeto:

http://www.ferrovianortesul.com.br/TAV_RELATORIO_ABRIL05.pdf

Em 2007/ 2008:

http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u378615.shtml

http://www.maxpressnet.com.br/noticia-boxsa.asp?TIPO=CE&SQINF=308508

http://www.valec.gov.br/clipping/20071204-1.htm

http://www.saopaulo.sp.gov.br/sis/lenoticia.php?id=92961

Novas linhas de ônibus luxuosos

Sabemos que existem vários ônibus fretados fazendo linhas exclusivas, por exemplo Santana/Mandaqui/Limão até Luiz Carlos Berrini. Também de cidades próximas de São Paulo tipo Campinas/Valinhos/Vinhedo/Jundiaí/Cajamar até Avenida Paulista.

Deveriam existir algumas linhas com ônibus mais luxuosos, como os que fazem as linha atuais, porém com bancos um pouco mais macios, ar-condicionado e mais lugares.

Seriam linhas não cobertas atualmente.

Uma sugestão de trajeto:

Saída: Av. Nova Cantareira (Jardim França- Zona Norte) até Rede Globo (Av. Roberto Marinho com Berrini (perto da Ponte Estaiada Otávio Frias)
Trajeto: Voluntários, Caetano Álvarez, Estação Barra Funda Metrô, Sumaré, Brasil, Juscelino, Berrini.

E  tenho certeza que surgiram várias linhas interessantes para cobrirem lacunas e que permitiriam que vários motoristas deixassem o carro em casa. Sempre com ônibus luxuosos. Poderiam ter Sanitário e máquinas vendendo lanches e sucos.

Você tem idéia de outras linhas que permitissem deixar o carro em casa?

Novidades na área automotiva

Indico um Blog que muitos já devem conhecer. Ele traz muitas informações sobre as montadoras, o que está rolando.

Notícias como esta da Fiat/Iveco investindo pesado em fábrica de motores:

“FPT COMPRA TRITEC E ANUNCIA NOVOS MOTORES
A FPT – Fiat Powertrain Technologies assinou acordo com Chrysler para a aquisição da Tritec Motors, que possui uma das fábricas de motores mais modernas do mundo em Campo Largo, região metropolitana de Curitiba. A aquisição inclui o terreno, a unidade industrial, as linhas de produção e a licença para produção da atual linha de produtos. O investimento será de R$ 250 milhões, incluindo custo de desenvolvimento. A FPT anunciou também que produzirá na planta uma nova gama de motores midsize, nas versões gasolina e flex. O desenvolvimento destes novos produtos será realizado de forma integrada pelos Centros de Engenharia de Betim e da Itália e técnicos da fábrica de Campo Largo. Serão gerados cerca de 500 novos empregos diretos e 1.500 novos empregos indiretos (13 de março).

 MOTORES MAIS AVANÇADOS NA LINHA DA FPT
A Tritec Motors foi constituída a partir de uma joint venture firmada em 1997 entre a BMW e a Chrysler para fabricar no Brasil motores 1.4 e 1.6 litro, destinados ao mercado externo para aplicação nos veículos Mini Cooper, da BMW, comercializado mundialmente, e PT Cruiser, da Chrysler, vendido na África do Sul, Europa e outros mercados externos. Em julho de 2007, com o fim da joint-venture entre Chrysler e BMW, a empresa produziu o seu último motor.  A FPT pretende investir fortemente na reativação da unidade industrial, em tecnologia, qualidade, no aumento da capacidade produtiva e em treinamento para formação dos atuais e futuros profissionais. Para Franco Ciranni, superintendente da FPT para o Mercosul, o investimento da FPT pode transformar a fábrica de Campo Largo no maior centro de produção de motores midsize na América Latina, com foco no mercado local e exportação.”

 

 http://www.automotivebusiness.com.br/home.htm 

Posição do triângulo nos veículos – urgente!!

Enviei uma sugestão para a Toyota e pelo visto não aceitaram. Foi uma sugestão visando dar mais segurança para os motoristas. Lembro que não se deve estacionar nos acostamentos das estradas sem necessidade. É extremamente perigoso estacionar nos acostamentos . Somente em casos de avaria do veículo ou acidente. Não pare para o filho urinar, espere local apropriado.

Muitos acidentes ocorrem devido veículos estarem parados no acostamento.

Vamos imaginar que você tenha que parar devido um pneu estar furado. Coloca o carro no acostamento, acende o pisca-alerta e obrigatoriamente vai para o porta-malas pegar o triângulo, que deverá ser posicionado atrás do veículo avariado, mantendo certa distância.

O perigo está nesta operação, pois o motorista terá que ficar atrás do veículo. O problema é que, de repente, vem um carro ou caminhão e poderá bater no carro estacionado e com o motorista atrás. Ocorre muito este tipo de acidente. Também terá que ir atrás do carro para pegar o estepe.

Mudanças sugeridas pelo drTanajura:

  • O triângulo do veículo seria posicionado próximo do motorista, ou seja, parou o carro já pega o triângulo, que estaria sob o banco do motorista ou ao lado do banco. Surgiu uma emergência, liga o pisca alerta e já vai com o triângulo na mão.
  • O ideal seria modernizar o triângulo, um mais eficaz. Eu colocaria uma luz de neon, que seria acesa no próprio triângulo.
  • O estepe deveria vir mais fininho e embaixo do porta-malas, lado externo;
  • Deveria ser bolado um sistema novo para tirar um pneu do carro. Faria uma comparação com os botijões de gás. Existe um sistema da liquigás que faz o engate no botijão sem força, é só virar. Seria um sistema de trava com 1 parafuso/porca.

Qual a montadora que sairá na frente implementando estas medidas?

    Super lotação em ônibus e metrô

    Conversando com 2 funcionárias de uma Loja da região da 25 de março (no fundo em um prédio), observei que elas não tinham como trabalhar sentadas. Para atender os clientes (a Loja tem mais de 10mil itens em pequeno espaço) elas têm que ficar andando na Loja, não tem outra alternativa devido o grande movimento de clientes.

    A Dani e sua colega de trabalho (esqueci de perguntar o nome dela) me disseram que o problema maior era para chegar no centro da cidade de São Paulo. Elas moram na Zona Leste da cidade e demoram 2 horas para ir e 2 horas para voltar. Ficam 4 horas dentro do ônibus e para minha surpresa em pé. São 8 horas de trabalho mais 4 horas de viagem (também faz parte do horário de trabalho). Uma delas mora no Itaim Paulista, muito longe.

    Disseram que se forem de ônibus até o metrô são obrigadas a esperar 4 a 5 trens para conseguir entrar no vagão e quando entram bota aperto nisso. Os ônibus passam lotados, realmente com 32 sentados e 38 ou mais em pé.

    Fico imaginando, as mocinhas todas arrumadas e perfumadas num aperto geral com seu corpo encostado no de outras pessoas como se fossem íntimos. Alguém poderia dizer que é legal? Eu acho que não. Considero um desrespeito para as pessoas, terem que passar por esta situação vexatória.

    Se um morador desses bairros comprar um veículo, com certeza o utilizará para ir ao trabalho.

    Uma criação muito interessante da Companhia do Metropolitano são as garagens anexadas às estações para que mais pessoas utilizem o Metrô. Perguntinha básica: “Como entrar nos vagões superlotados do Metrô?. O presidente do Metrô já pegou o Metrô em Itaquera no horário de pico? E os governantes?