A essencia como o verdadeiro ser

Observar a natureza, aquela flor nos seus detalhes, faz bem para nós. Interessante vermos que aquela flor tão bonita nasceu, cresceu e quantas vezes deixamos de reparar nela, aproveitar um momento intenso de percepção da beleza.

IMG_20151106_143506

E ligar com a beleza interior de nosso ser mais profundo e verdadeiro, nossa essência. Não perder esses momentos de contemplação, em que o silêncio verdadeiro toma conta de nós.

Tempo de lembrar da essência de nosso ser, como sempre o faz A H Almaas:

” A essência em nós é a própria vida. A essência é a vida compactada, condensada, concentrada e completamente pura… A essência não está viva, ela é a vida – não está consciente, é a consciência – não tem qualidade de existência, é a existência – ela não ama, ela é o amor – não está alegre, é a alegria – não é verdadeira, é a verdade… Essa maravilha não existe somente para histórias ou poesia. Não é apenas um sonho. Não existe para nos passar lampejos da sua magnificência, ou rapidamente nos fazer sentir seu significado. É verdadeiramente a nossa essência humana. É o que somos: nosso ser… Devemos ser está essência, existir e viver como ela. É a nossa essência que pode e deveria ser inseparável de nós. O trabalho objetiva a erradicação da nossa separação da essência. Ser livre é simplesmente ser. E ser é simplesmente viver como essência.


IMG_20151106_143421 IMG_20151106_125328576 IMG_20151106_135301 IMG_20151106_143256 IMG_20151106_124143630 IMG_20151104_212134 IMG_20151104_211929 IMG_20151104_211811 IMG_20151104_211140 IMG_20151104_211107 IMG_20151104_211637 IMG_20151104_072240463 IMG_20151104_081735 IMG_20151031_191340 IMG_20151031_191412 IMG_20151031_191301 IMG_20151031_191004 IMG_20151031_143312095

O que é essencial em nossa vida?

image

Não conseguimos imaginar que possa existir uma realidade que não seja mental, emocional ou fisica. Estamos limitados pelas nossas crencas sobre o que somos. Por isso perdemos, ignoramos nossa essência, nossa verdadeita natureza, sem a qual nao podemos realmente saber o que é ser um verdadeiro ser humano.

O fato dos seres humanos nascerem com a essência é conhecido há muito tempo.

Os átomos trazem a forca da divindade (não existe espaço vazio), eles constituem também o vazio. O vazio é o que resulta da dissolução da personalidade necessária para o surgimento da essência. Em outras palavras, a base da nossa experiência é o espaço vazio, o vácuo. Este espaço é geralmente preenchido pela personalidade e pelas suas identificações, não havendo, portanto, espaço para a essência. Mas existe a necessidade de um processo de limpeza que finalmente resultará no surgimento de um espaço vazio. Assim, a essência pode emergir, o que será a plenitude de nosso ser. Ela terá o seu lugar como fonte, vida e realização. A essência não é um insight, uma intuição, um estado emocional, uma energia sutil ou um vazio, o que será ela então? É algo mais surpreendente do que qual quer um destes, muito mais bonito, extraordinário e significativo. É a única coisa que preencherá inteiramente os nossos corações e que apaziguará nossa mente.

Até este ponto as palavras de A H Almaas.

Normalmente precisamos de auxílio no processo do autoconhecimento, não que seja impossível fazê-lo sozinho. Estamos presos a fatos do passado e a cada dia novas pedras surgem em nosso caminho – por vezes não percebemos essas barreiras e ficamos rodopiando em pensamentos aprisionadores e simples demais. É importante ter consciência da existência da essência em nós, e quando isso acontece já foi dado o primeiro passo no caminho que culminará na percepção da voz do silêncio, e o vazio vai sendo preenchido com o que realmente interessa em nossa vida.