Existe um caminho a seguir…

um caminho interior, a partir do momento em que não existam mais respostas.

Primeiro ponto é romper com as estruturas interiores calcificadas pela incompreensão. Seguir seu caminho no dia a dia, mas manter uma esperança, uma luz acesa. Caminho para a realidade, o despertar da consciência espiritual adormecida.

Observação – não dá para entender proibirem a divulgação deste vídeo onde são mostrados fatos importantes na vida Khrisnamurti. O homem da liberdade. E no vídeo abaixo, proibido de divulgar faz parte um discurso onde dissolve a ordem a qual pertencia. Verificou que adoravam um ídolo externo ao contrário de se voltarem ao seu interior. Não adorar e sim libertar.

E que termina assim:

Essas são, portanto, algumas das razões porque, após cuidadosa consideração durante dois anos, eu tomei esta decisão. Não foi um impulso momentâneo. Não fui persuadido a isso por ninguém. Não me persuadem em tais coisas. Durante dois anos tenho pensado sobre isto, morosamente, cuidadosamente, pacientemente, e agora decidi dissolver a Ordem, uma vez que aconteceu ser eu seu Dirigente. Vocês podem formar outras organizações e esperar por outra pessoa. Não estou preocupado com isso, nem com a criação de novas prisões, novas ornamentações para esses cárceres. Meu único interesse é tornar o ser humano absolutamente, incondicionalmente livre.

Veja a íntegra desse discurso que abriu caminho para todos: http://www.jkrishnamurti.org/pt/about-krishnamurti/dissolution-speech.php

Felicidade…

Tentar evitar a dor ou o sofrimento e sempre buscar o que nos seja gradável significa, na maioria das vezes, que não aceitamos a verdade. Rejeitamos a realidade e os nosso sentimentos diante daquilo que estamos vendo. Rejeitamos a nossa consciência e rejeitamos a nós mesmos. Como esse comportamento pode nos levar de encontro à harmonia e a felicidade?

A.H.Almaas

Paulo

Por isso não desanimamos: pelo contrário. mesmo que o nosso homem exterior se corrompa, contudo o nosso homem interior se renova de dia em dia…

porque não faço o bem que prefiro, mas o mal que não quero, esse faço…

 

… portanto, és indisculpável quqndo julgas, ó homem, quem quer que sejas; porque no que julgas a outro a ti mesmo te condenas; pois praticas as próprias cousas que condenas…

A verdade em ti…

A verdade significa o contato pleno e simultâneo consigo mesmo e com o ambiente. A verdade significa conhecer os próprios caminhos como distintos dos caminhos dos outros…

 

… Para encontrar a verdade específica válida para ti, é aprender a ouvir pacientemente em ti mesmo, dar a ti mesmo uma chance de encontrar teu próprio caminho, que é teu e de mais ninguém.

Wilhelm Reich

Alento – 2

Regra é da vida que podemos, e devemos, aprender com toda a gente. Há
coisas da seriedade da vida que podemos aprender com charlatães e
bandidos, há filosofias que nos ministram os estúpidos, há lições de
firmeza e de lei que vêm no acaso e nos que são do acaso.

Tudo está em tudo.

Em certos momentos muito claros da meditação, como aqueles em que, pelo
princípio da tarde, vagueio observante pelas ruas, cada pessoa me traz
uma notícia, cada casa me dá uma novidade, cada cartaz tem um aviso
para mim.

Meu passeio calado é uma conversa contínua, e todos nós, homens, casas,
pedras, cartazes e céu, somos uma grande multidão amiga, acotovelando-se
de palavras na grande procissão do Destino.

Desassossego, Fernando Pessoa

Alento – 1

O que significa alento? Ânimo, resistência, coragem…

Poderia dizer que você precisa de ânimo e coragem para vencer a resistência de seu ser quando o silêncio bate a porta. Sabe aquele momento em que estamos sózinhos num canto qualquer e somos chamados a fazer alguma coisa para preencher o espaço dentro de nosso ser.

Precisamos perguntar a nós mesmos se o tempo que desperdicamos com bobagens não seria útil para algo mais precioso? Imagine quando você fica discutindo querendo colocar sua opinião a todo custo e não ouve. Entra numa prisão total envolvido por pensamentos inúteis principalmente de vingança.

Temos que aproveitar o tempo com mais carinho e atender quando o silêncio bater na porta.